OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio são um conjunto de 8 objetivos a serem atingidos pelos países até o ano de 2015, por meio de ações concretas dos governos e da sociedade.

Os ODM nasceram com a Declaração do Milênio, aprovada pelas Nações Unidas em 8 de setembro de 2000. O Brasil, em conjunto com 191 países-membros da ONU, assinou o pacto e estabeleceu um compromisso compartilhado com a sustentabilidade do Planeta. Desde então, estes objetivos são a agenda do Planeta, a agenda da Humanidade, a agenda do Brasil, a agenda de cada um de nós.

OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO:

1 – Acabar com a fome e com a miséria – Propõe a erradicação da extrema pobreza e da fome. Acabar com a fome significa reduzir a desnutrição e dar condições a todos da ingestão diária da dieta mínima diária, preconizada pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO.

Este objetivo também trata da redução do número de pessoas em pobreza extrema ou indigência. Isto depende do aumento da renda, do fortalecimento das políticas sociais e da diminuição das desigualdades entre ricos e pobres.

Metas:

. Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população com renda abaixo da linha da pobreza;

. Reduzir pela metade, até 2015 a proporção da população que sofre de fome.

2 – Educação básica de qualidade para todos – Propõe que todas as crianças, de ambos os sexos, de todas as regiões do País, independentemente da cor, raça e sexo, terminem o Ensino Fundamental.

Este objetivo também pretende a redução da evasão escolar, a melhoria da qualidade de ensino e a elevação do número de anos na escola, com redução da defasagem idade-série. O resultado será observado pelo número de adultos alfabetizados e capazes de contribuir para a sociedade como cidadãos e profissionais.

Meta . Garantir que, até 2015, todas as crianças, terminem o ensino fundamental.

3 – Igualdade entre sexos e valorização da mulher – Além de promover a igualdade entre os sexos em todos os níveis de ensino, este objetivo também trata de promover a autonomia das mulheres, combater o preconceito, ampliar as oportunidades de emprego e ascensão das mulheres no mercado de trabalho, salário igual ao dos homens para iguais funções e ocupação de papéis cada vez mais ativos, tanto no mundo econômico quanto na atividade política.

Meta . Eliminar a disparidade entre os sexos no ensino fundamental e médio até 2005.

4 – Reduzir a mortalidade infantil – Este objetivo depende de muitos e variados meios, recursos, políticas e programas, dirigidos às crianças, às famílias e às comunidades. Na prática, trata-se da melhoria das condições de saneamento e higiene, da promoção de campanhas de vacinação e do acesso a serviços de saúde, bem como de sua melhoria de qualidade e capacidade do sistema de saúde.

Meta . Reduzir em dois terços, até 2015, a mortalidade materna de crianças menores de 5 anos.

5 – Melhorar a saúde das gestantes – Este Objetivo só será alcançado com a promoção integral da saúde das mulheres em idade reprodutiva. Isto significa planejamento familiar, acompanhamento pré-natal e melhoria do acesso e da qualidade dos serviços de saúde. A presença de profissionais qualificados na hora do parto também é importante para a redução da mortalidade materna.

Meta . Reduzir em três quartos, até 2015, a taxa de mortalidade materna.

6 – Combater a AIDS, a malária e outras doenças – Este objetivo trata de deter a propagação destas doenças. Isto depende, fundamentalmente, do acesso da população a informações e meios de prevenção e de tratamento, da não-discriminação, da melhoria das condições de saneamento e de higiene da população, sem descuidar da criação de condições ambientais e nutritivas que estanquem os ciclos de reprodução dessas doenças.

Metas . Até 2015, ter detido e começado a reverter a propagação do HIV/AIDS, da malária e de outras doenças.

7 – Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente – Este objetivo tem importantes desafios a serem superados, como a preservação dos recursos naturais, a recuperação de áreas degradadas e a transformação de remanescentes em áreas de preservação. Questões que geram mudanças climáticas como emissões de CO2 e de outros agentes geradores de poluição estão contempladas, bem como a integração dos princípios da sustentabilidade na cultura nacional e nas políticas públicas. O acesso à água potável e ao esgotamento sanitário e a melhoria dos assentamentos precários, gerando assim maior qualidade de vida a população, também são desafios a serem superados pelo alcance deste objetivo.

Metas:

. Integrar os princípios do desenvolvimento sustentável nas políticas e programas nacionais e reverter a perda de recursos ambientais até 2015.

. Reduzir à metade, até 2015, a proporção da população sem acesso sustentável à água potável segura.

. Até 2020, ter alcançado uma melhora significativa nas vidas de pelo menos 100 milhões de habitantes de bairros degradados.

8 – Todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento – Este objetivo trata de estabelecer parcerias para o desenvolvimento e para a melhoria da qualidade de vida das cidades. Busca a inclusão e a concorrência verdadeiramente livre de todos, a participação da sociedade e a utilização do potencial de cada setor para o desenvolvimento local.

Metas . Em cooperação com os países em desenvolvimento, formular e executar estratégias que permitam trabalho digno e produtivo aos jovens. . Em cooperação com o setor privado, tornar acessíveis os benefícios das novas tecnologias, especialmente nos setores de informação e comunicação.

Parceria em prol das Metas do Milênio

Acreditando na força das parcerias institucionais e consciente de que a solidariedade deve ser exercida por todos a empresa Nóbrega & Associados, engajou-se em projetos que beneficiam diversas comunidades em parceria com o Movimento Nós Podemos Paraíba, durante o período de Julho/2009 a Fevereiro/2014.

O Movimento Nós Podemos Paraíba, foi fundado em 31 de julho de 2009, com a finalidade de fortalecer, monitorar e avaliar os empreendimentos paraibanos voltados para a promoção dos ODM. A formação do movimento contou com a iniciativa de representantes de diversos setores da sociedade civil: empresas, sindicatos, governos, associações de classe e entidades do terceiro setor, partindo-se do princípio de que só o espírito solidário, independente da sua origem, pode contribuir para alcançar um novo patamar de desenvolvimento humano no Brasil.

A Nóbrega & Associados se fez presente no evento de formação e a partir dali passou a ser um dos integrantes, através da sua representante Maristela Araújo da Nóbrega, gestora da área de Responsabilidade Social, tendo por algum tempo assumido a Coordenação de o Nós Podemos Paraíba Juventude, desenvolvendo ações em prol dos jovens, com o apoio de escolas, universidades, instituições governamentais e empresas privadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>